Marketing Digital para Empresas

HomeMarketing DigitalMarketing Digital para Empresas
Marketing Digital para Empresas

Marketing Digital para Empresas

A importância do marketing digital para as empresas

Com este artigo, baseado num estudo feito pela Hootsuite e a We Are Social juntamente com outras plataformas, pretendemos evidenciar para o leitor o impacto que o mundo digital tem causado, em específico desde 2012. Numa fase posterior à análise dos dados iremos dar a nossa opinião em relação à importância que este crescimento pode representar para o mundo empresarial. Os dados são aproximados e o objeto não é sempre o mesmo nas várias análises.

Crescimento do marketing digital

   
Aliando-nos de gráficos para uma melhor compreensão, comecemos por falar do crescimento do número de internautas comparativamente ao crescimento populacional desde 2014. Por um lado, a população total cresceu em 418 milhões, já as pessoas a utilizar a internet aumentaram em 1,9 biliões. Importante referir que 67% das pessoas hoje têm pelo menos uma conexão “mobile” e 4.38 biliões das pessoas têm acesso à internet (57%). Em termos de redes sociais, 45% está ativo e 42% acede a partir do “mobile”. Números que demonstram claramente uma tendência e potencial de crescimento de tudo o que é digital.

Principais valores do crescimento digital por ano

Em 2012 a penetração do uso de “mobiles” chegou aos 86% (5.8 biliões), os utilizadores de internet ultrapassaram os 2 biliões e os utilizadores das principais redes sociais ficaram perto dos 1.5 biliões.

Até 2013 a penetração do “mobile” subiu para os 91% (não único) e a penetração da internet no mundo para 1/3 das pessoas.

Em 2014 o número mais flagrante foi o de penetração das redes sociais, com mais de um quarto dos internautas pelo mundo a utilizar ativamente as mesmas. A penetração da internet nos Estados Unidos da América e na Europa Ocidental aproximou-se dos 80% e observamos ainda um aumento do tempo gasto na internet. É importante referir ainda que a “mobile broadband” ultrapassou os 50% de penetração nos EUA, Oceânia e Europa Ocidental.

Há 4 anos atrás, em 2015, o número de internautas ultrapassou os 3 biliões (42%) e foi estimado que houvesse 3.6 biliões de conexões móveis únicas (uma a cada duas pessoas). Pudemos observar ainda uma diferença grande entre regiões do mundo. Os utilizadores de redes sociais ultrapassaram os 2 biliões. As conexões móveis (total) ultrapassaram o número de pessoas no mundo!

Em 2016, os utilizadores móveis de redes sociais chegaram perto dos 2 biliões.

Em 2017, a internet chegou a um marco importante, por esta altura 50% das pessoas em todo o mundo utilizava a internet! Em termos de “mobile”, dois terços das pessoas tinha um telemóvel e metade tinha já um smartphone. Mais de 50% das ligações de internet já eram em 3G e 4G e mais de 20% das pessoas tinha comprado online.

No ano passado. 2018, os números continuaram a aumentar assim como aumentou o número de horas por utilizador passadas na internet para uma média global de 6.49.
Para este ano de 2019, 57% do mundo estará conectado à internet e mais de 40% já utiliza redes sociais de forma móvel.

Vendas e empresas no digital 2018/2019



Aqui podemos ver a quantidade de contas por rede social que podem ser atingidas, a sua audiência em utilizadores ativos mensais. Podemos também observar as diferenças em termos de gênero, o que nos relembra da infinidade de métricas que podem ser analisadas no marketing digital.


Aqui podemos observar valores bastante positivos que demonstram o estado do mercado “mobile” em 2018-2019: 194 biliões de apps descarregadas com um crescimento de 9% relativamente ao ano anterior ; 101 biliões de dólares gastos em apps “mobile” (+23%); 20.15$ é o valor que o consumidor, em média, gastou por smartphone (2018). 


(Da população digital com mais de 15 anos) 18% dos homens e mulheres  possuem um cartão de crédito, 30% faz transações online, 30% paga contas ou efetua compras online e 4.4% afirma já ter uma conta monetária “mobile”. Estes números são animadores para o mundo digital. 70% afirma ter já uma conta com uma instituição financeira.


Aqui temos o gasto em comércio online por categoria em dólares.
Moda e beleza 524 biliões; Eletrónica e “media” física 392B; Alimentação e Cuidado Pessoal 209B; Mobiliário e aparelhos 275B; Brinquedos e Hobbies 386B; Viagens (c/estadia) 750B; Música Digital 12B; Vídeo jogos 70B


Nesta imagem vemos talvez os dados que mais demonstram um crescimento enorme no mercado online. 84% dos internautas procurou por um produto ou serviço para comprar; 91% visitou uma loja de retalho na web; 75% comprou um serviço ou produto online; 42% comprou através de um portátil ou computador; 55% comprou via dispositivo móvel. Estes dados foram fornecidos por uma percentagem de internautas que efetuaram estas atividades no último mês.


Estes dados referem-se aos bens de consumo comprados online, em dólares. 2.8 biliões compraram (+3.1% comparando com o ano anterior), representando 37% da população total; 1.7 triliões é valor que se estima para o mercado de bens de consumo online em 2019 (+14%); O lucro médio por utilizador do mercado de bens de consumo online é de 634 dólares por ano.

Weboost

Com este artigo, esperamos ter contribuído para um maior conhecimento dos valores de audiência e negócios no mundo digital. Sejam dados sobre plataformas, setores de atividade ou públicos gerais ou específicos, no marketing digital uma das grandes vantagens é estes números serem próximos da realidade. A Weboost faz uso de várias técnicas e plataformas para minimizar o risco de erro quando realiza estratégias em motores de pesquisa, redes sociais, sites, lojas, etc.

Precisa de uma estratégia de marketing digital para a sua empresa ou produto?

Fale connosco e descubra o que podemos fazer por si!

Avalie este post
>